ISSN (suporte electrónico) 1646-3862
Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais

 

 

ANO III - Nº 5 / 6

2007

_________________

Portugal, Espanha
e a Europa

_________________

Informações aos Autores

_________________

 

Indicação aos Autores

   1.  Os artigos devem ser originais, redigidos em língua portuguesa e enviados para o endereço constante no final da página.

   2.  Os artigos não podem ultrapassar as 25 páginas, letra Times New Roman, tamanho 12, espaço duplo
e margens não inferiores a 3 cm .

   3.  Devem ser enviadas duas cópias do artigo, bem como o seu suporte electrónico. As cópias não serão devolvidas aos autores.

   4.  Numa página à parte, deve constar:

        a)  Identificação
        b)  Morada
        c)  Instituição a que pertence
        d)  E-mail
        e)  Telefone e fax

   5.  Os artigos devem ser acompanhados, no início, de um resumo em língua portuguesa, da respectiva tradução em língua inglesa e de três a cinco palavras-chave, em português e inglês. Os referidos resumos não podem ultrapassar os 1500 caracteres, incluindo os espaços.

   6.  Todos os autores que submetam os seus artigos para publicação na Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais, assumem o compromisso de não submeter esses mesmos artigos a outras revistas e, simultaneamente, conferem à redacção da Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais os direitos de indexação, em redes internacionais, dos artigos publicados. Os conteúdos dos textos e as opiniões neles expressas, tal como a referência a figuras ou gráficos já publicados são da exclusiva responsabilidade dos autores.

   7.  As normas de referência bibligráfica seguidas pela Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais são as da APA (American Psychological Association): as citações bibliográficas devem ser inseridas no corpo do texto, de acordo com as mesmas normas. As notas, quando as houver, devem surgir no final do texto, antes das referências bibliográficas. Exemplos:.

a) Artigo de Revista Científica :
Themudo, M.R. (2004). Da letra e do número: sobre o ensino da língua e da matemática.
africanologia - Revista Lusófona de Estudos Africanos
, 3
, 13-22.

b) Livro de um único autor :
Aple, M. W. (2001). Educação e poder. Porto : Porto Editora.

c) Capítulo de Livro :
Zabalza, M. A. (2003). A construção do currículo: a diversidade numa escola para todos.
In O. C. de Sousa & M. M. C. Ricardo (Org.). Uma escola com sentido: o currículo em análise e debate
(pp. 171-194). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.

d) Teses ou Dissertações não publicadas
Mendes, M. M. C. (2004). As faces de Janus. As políticas educativas em matéria de cidadania nos anos 90 em Portugal. Dissertação de Mestrado, Programa de Mestrado em Ciências da Educação. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa.

e) Web Site ou Homepage:
Para citar um Web Site ou Homepage na íntegra, incluir o endereço no texto. Não é necessário listá-lo nas Referências. Exemplo: www.uid-opece.net

f) Artigos Consultados em Indexadores Electrónicos:
Mello Neto, G. A. R. (2000). A psicologia social nos tempos de S. Freud. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Agosto 2000, 16 (2), 145-152. Retirado em 28/06/2001, do SciELO (Scientific Eletronic Library Online)
no World Wide Web: www.scielo.br/ptp

g) Resumos Consultados em Indexadores Electrónicos
Fornari, A. (1999). Las experiencias de pasividad como desafío a la razón [Resumo]. Cadernos
de Psicologia, 9
(1). Retirado em 28/06/2000, de World Wide Web: http://psi.fafich.ufmg.br/cadernos/volume9.htm

   8. As normas para publicação podem ser consultadas em
http://www.uid-opece.net/downloads/Normas%20publica.pdf

   9.  Os artigos serão submetidos à apreciação de 2 (dois) Consultores, escolhidos pelo Conselho
de Redacção, entre os investigadores de reconhecida competência na área, de preferência pertencentes ao Conselho Editorial da Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais. Os consultores não terão conhecimento da autoria do texto, nem os autores terão conhecimento dos consultores.

   10.  As provas serão, sempre que possível, enviadas aos autores para correcção. Todos os textos serão, antes da publicação, submetidos a um corrector oficial que cuidará da respectiva estilística.

Enviar para

Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais
Secretariado da ResPublica
Departamento de Ciências Sociais e Humanas
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Campo Grande, nº376, 1749-024 Lisboa, Portugal

sec.coord@ulusofona.pt

 

 


Res-Publica, Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais, já está disponível em formato impresso. Pode ser adquirida na livraria das Edições Lusofonas, na Universidade Lusófona. Todos os direitos reservados - é proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer forma ou por qualquer meio, salvo com autorização por escrito dos autores da parte ou totalidade desta obra.